shutterstock_97645517

Muito mais que oferecer um produto, o processo de venda é algo bem complexo. Antes de mais nada, o vendedor necessita conhecer o seu produto e, principalmente, acreditar nele. É necessário sentir e demonstrar paixão, é colocar emoção no momento da oferta. No mercado atual, onde são vários os produtos praticamente idênticos, é necessário investir no diferencial.

Por exemplo, as Donas de Casa, que vão à busca de produtos de limpeza, esses que são inúmeros, mas um que diga que não irá machucar ou ressacar as mãos, com certeza será o escolhido. Você tem que mostrar ao consumidor que ele será feliz adquirindo aquele produto. Se ele está comprando um imóvel, passe para ele que aquele apartamento ou casa seria também, se possível, adquirido por você.

O famoso Steve Jobs era mestre em vender com emoção. Por meio de suas apresentações, Jobs inseria na mente de seus consumidores que a Apple, além de ser melhor marca de eletrônicos no mundo atual, proporciona status ao usuário. Você tem um Iphone?! Então você está no topo.

Por isso, deixe o cliente com uma vontade incontrolável de comprar o seu produto. Busque entender e conhecer o seu público, assim mais facilmente você conseguirá atingir o objetivo de ambos. Mas não se esqueça, a emoção e o estímulo devem estar presentes do início ao fim, não somente demonstre que o seu foco é a venda, crie uma relação com o cliente e assim ele se sentirá seguro e confiará no seu profissionalismo.

Já dizia o grande pensador Nietzsche: “Vontade – eis o nome do libertador e mensageiro da alegria: assim vos ensinei eu, meus amigos”. Faça o seu cliente ter vontade de comprar com você!

Comentários

comentários