vender imóveis terceira idade

Atender pessoas da Terceira Idade pode parecer um desafio para muita gente. Esse público tem peculiaridades que o diferenciam de todos os outros. No entanto, ele não pode ser ignorado pelo mercado imobiliário, seja pelo crescente aumento da expectativa de vida em todo o país, quanto pelo fato da busca por um novo imóvel ser comum nessa fase da vida, seja por viuvez, mudança para o interior, necessidade de um imóvel melhor adaptado a possíveis limitações físicas, etc. E, seguindo algumas recomendações básicas, você, corretor de imóveis, poderá ser bem-sucedido nessa empreitada.

Deixe os estereótipos de lado

Para início de conversa, cada pessoa é diferente da outra e isso não muda com os cabelos brancos. Isso significa que, antes mesmo de iniciar o atendimento, você precisará tirar de sua cabeça possíveis estereótipos. Nem todo idoso é conservador, por exemplo, e o noticiário está cheio deles aventurando-se pelo mundo afora e tentando coisas novas com a aposentadoria. Muito menos todos eles enfrentam problemas de saúde – alguns podem estar em melhores condições que você, inclusive. Por isso, esteja preparado para ouvir e para compreender perfil e objetivos do seu cliente antes de qualquer coisa.

Conte com imóveis especializados

Hoje em dia, já existem imóveis no mercado voltados para a Terceira Idade, com pisos, banheiros e elevadores adaptados, entre outras comodidades. Tenha algumas opções do tipo em seu portifólio. Além disso, fique de olho na oferta dessas facilidades em seu próprio escritório, já que muitos desses clientes gostam de contato face-a-face e podem decidir visitá-lo.

Garanta atendimento diferenciado

Esteja pronto para ir até esse cliente, já que muitos podem não estar mais se deslocando com facilidade, e para levá-lo pessoalmente até o imóvel. Ofereça ainda todo o material promocional em papel e nada de letras miúdas! Ele não escuta bem? Fale mais alto. Nem pense em perder a paciência – boas estratégias para isso é pensar que um dia você também ficará velho, ou em como gostaria que seus pais idosos fossem tratados por um corretor. Ele parece não entender direito? Fale devagar, repita os pontos críticos da proposta, e entregue tudo por escrito, para que ele possa analisar depois ou com a ajuda de alguém. E isso nos leva à próxima dica.

Prepare-se para os parentes

Clientes da Terceira Idade podem vir para a reunião acompanhados por filhos, irmãos ou outro parente mais jovem, ou mesmo por um amigo ou advogado. Assim, prepare-se para falar duas línguas diferentes ao mesmo tempo. E, ainda que a pessoa acompanhando seja de vital importância – se ela está ali é porque o idoso quer a opinião dela -, não esqueça quem é o seu cliente no fim das contas.

 

Saiba também como atender outras tribos: os clientes geeks e os executivos. Aproveite as dicas e boas vendas!

Comentários

comentários