shutterstock_96835390

Com o fim das eleições no Brasil, ficam algumas lições que podem ser usadas no dia a dia dos corretores de imóveis. Apesar de não estarem concorrendo a nada, esta é, com certeza, uma profissão que tem muito a aprender com os erros e acertos dos candidatos.

Uma das primeiras impressões que fica é que nem sempre quem você pensa ser o melhor vence. É bem provável que algum de seus candidatos favoritos não foi eleito. A questão é que o que conta é a decisão da maioria e, mais que isso, a capacidade de convencer essa maioria.

O mesmo vale para o seu trabalho como corretor de imóveis. Você pode achar que é o melhor e isso pode até ser verdade, mas os seus clientes precisam concordar com você. Assim, o seu foco precisa ser o que eles entendem como excelência e como passar essa mensagem para eles de forma certa.

Também não adianta querer vencer eleições majoritárias se você está limitado a um nicho. Muitos candidatos a governador poderiam ter sido eleitos como deputados estaduais, mas preferiram tentar um voo mais alto do que o que estavam preparados. Por isso, comece pequeno, e vá ampliando seu espaço no mercado aos poucos, até poder fazer parte do grupo dos mais conhecidos e credenciados.

Outro ponto fundamental é manter a sua palavra e linha de ação. Mudar de opinião a todo o momento não inspira confiança em nenhum ramo de atividade. Suas alianças e parcerias também dizem muito sobre você, por isso escolha-as com cuidado, mais uma vez pensando no que espera seu público-alvo.

Outro erro bastante cometido durante eleições é achar que fama garante voto. Muitas celebridades que tentaram um cargo político falharam, enquanto nomes desconhecidos venceram. Da mesma forma, ter um nome conhecido no ramo imobiliário não garante bons negócios. Principalmente, quando a fama não é das melhores.

Por fim, vale destacar que é preciso estar atento ao perfil específico de cada um de seus clientes ao lidar com negócios de maior porte, como empreendimentos inteiros, por exemplo. Certos candidatos a eleições majoritárias tiveram uma votação menor do que a esperada em certas partes do país ou estado do que em outras, simplesmente por ignorarem as diferenças regionais.

Você também deve estar de olho no que cada tribo quer e adaptar o seu discurso a cada uma delas.

Assim, ficará muito mais fácil vencer as “eleições” do mercado imobiliário.

Comentários

comentários